No dia 7 de novembro foi comemorado o Dia Municipal da Pessoa com Paralisia Cerebral também de autoria do vereador Ricardo Nunes; Seminário discutiu a importância do exame precoce

Nesta quarta-feira (07/11) foi comemorado o Dia Municipal da Pessoa com Paralisia Cerebral, uma lei de autoria do vereador Ricardo Nunes que tem como objetivo chamar a atenção, debater o assunto e criar subsídios para formulação de políticas públicas.

Recentemente a Câmara Municipal de São Paulo promoveu o Seminário sobre Paralisia Cerebral (PC) trazendo como discussão a importância do atendimento precoce no sistema de saúde. Entidades, pessoas com PC e especialistas puderam evidenciar seus trabalhos e mostrar projetos que estão dando certo.

Andrea Lucia Rossetini, terapeuta ocupacional com experiência em neurologia infantil, expõe a relevância do atendimento precoce. “O atendimento precoce tem que ser rápido, pois ele evita sequelas na vida adulta dificultando a vida social”.  Segundo a profissional, o acesso está defasado e crianças esperam meses e até  anos para serem atendidas em centros especializados causando danos difíceis de serem revertidos.

Alternativa

O PL 16/2017 também de autoria do vereador Ricardo Nunes (MDB) visa a obrigar hospitais públicos e privados a realizarem, em recém-nascidos, o exame de diagnóstico precoce da PC. Os exames consistem em exercícios de reflexões para trabalhar os neurônios.

Os exames devem ser realizados no momento do nascimento e repetidos de 12 em 12 horas, no mínimo, até a saída da maternidade. Salvo quando outro período for necessário por determinação médica. “As crianças tendo o atendimento cedo terão uma vida adulta com menos sequelas e poderão se desenvolver melhor”, afirma Ricardo Nunes.

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>